This is default featured slide 1 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 2 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 3 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 4 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 5 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

24 de ago de 2007

Web 2.0


Web 2.0, é uma das grandes tendências da atualidade. Fique por dentro do que rola nessa avalanche de novidades (recursos e informações), fornecidos via internet, para nós usuários. O termo Web 2.0 é utilizado para descrever a segunda geração da World Wide Web(WWW), tendência que reforça o conceito de troca de informações e colaboração dos internautas com sites e serviços virtuais. A idéia é que o ambiente on-line se torne mais dinâmico e que os usuários colaborem para a organização de conteúdo. A web 2.0 vem comprovar ainda mais, que o computador, sem acesso a internet não passa de uma "sofisticada máquina de escrever".

Listei abaixo alguns dos vários recursos usados na era da web 2.0:
AdSense: Um plano de publicidade do Google que ajuda criadores de sites, entre os quais blogs, a ganhar dinheiro com seu trabalho. Tornou-se a mais importante fonte de receita para as empresas Web 2.0. Ao lado dos resultados de busca, o Google oferece anúncios relevantes para o conteúdo de um site, gerando receita para o site a cada vez que o anúncio for clicado

Ajax: Um pacote amplo de tecnologias usado a fim de criar aplicativos interativos para a web. A Microsoft foi uma das primeiras empresas a explorar a tecnologia, mas a adoção da técnica pelo Google, para serviços como mapas on-line, mais recente e entusiástica, é que fez do Ajax (abreviação de "JavaScript e XML assíncrono") uma das ferramentas mais quentes entre os criadores de sites e serviços na web

Blogs: De baixo custo para publicação na web disponível para milhões de usuários, os blogs estão entre as primeiras ferramentas de Web 2.0 a serem usadas amplamente

Mash-ups: Serviços criados pela combinação de dois diferentes aplicativos para a internet. Por exemplo, misturar um site de mapas on-line com um serviço de anúncios de imóveis para apresentar um recurso unificado de localização de casas que estão à venda

RSS: Abreviação de "really simple syndication" [distribuição realmente simples], é uma maneira de distribuir informação por meio da internet que se tornou uma poderosa combinação de tecnologias "pull" --com as quais o usuário da web solicita as informações que deseja-- e tecnologias "push" --com as quais informações são enviadas a um usuário automaticamente. O visitante de um site que funcione com RSS pode solicitar que as atualizações lhe sejam enviadas (processo conhecido como "assinando um feed"). O presidente do conselho da Microsoft, Bill Gates, classificou o sistema RSS como uma tecnologia essencial 18 meses atrás, e determinou que fosse incluída no software produzido por seu grupo.

Tagging [rotulação]: Uma versão Web 2.0 das listas de sites preferidos, oferecendo aos usuários uma maneira de vincular palavras-chaves a palavras ou imagens que consideram interessantes na internet, ajudando a categorizá-las e a facilitar sua obtenção por outros usuários. O efeito colaborativo de muitos milhares de usuários é um dos pontos centrais de sites como o del.icio.us e o flickr.com. O uso on-line de tagging é classificado também como "folksonomy", já que cria uma distribuição classificada, ou taxonomia, de conteúdo na web, reforçando sua utilidade

Wikis: Páginas comunitárias na internet que podem ser alteradas por todos os usuários que têm direitos de acesso. Usadas na internet pública, essas páginas comunitárias geraram fenômenos como a Wikipedia, que é uma enciclopédia on-line escrita por leitores. Usadas em empresas, as wikis estão se tornando uma maneira fácil de trocar idéias para um grupo de trabalhadores envolvido em um projeto.

fonte: folha on line com pequenas modificações.

Pra finalizar coloquei esse vídeo resumindo a história da web (WWW), e suas tendências até 2015. "Muito bem feito"


Software Livre.


O conceito de software livre vêm sendo cada vez mais difundido em todo o mundo, porém muita gente ainda não sabe ao certo o impacto dessa "grande tendência" em nossas vidas, pois o assunto ainda circula muito mais, no ciclo dos programadores e tecnólogos que na grande massa da população. A era dos Open Source começou com Linus Torvald, considerado o grande ícone dessa nova era com a criação do sistema operacional que mais crençe no mundo atualmente, o Linux. Por definição Software livre é qualquer software, que pode ser usado, copiado, estudado, modificado e redistribuído sem nenhuma restrição. Imagine você ter a plena liberdade de poder modificar um software da maneira que quiser, e além disso poder distribuir o códico fonte a quem se dipor a aprimorar o que você começou, (o Ubuntu é um belo exemplo). Concerteza isso é uma maneira espetacular de se desenvolver maneiras cada vez mais rápidas para soluções de problemas comuns em nossa sociedade, pois quem não sabe os sotwares livres já rodam em vários aparelhos corriqueiramente usados por nós como: relógios, celulares, computadores e em grandes equimaentos como os supercomputadores desenvolvidos pela NASA e outros (veja no vídeo), além do mais os softwares de códico fonte aberto quebraram barreiras comerciais antes intransponíveis devido ao monopólio das grandes em presas de softwares. Encontrei esse vídeo muito bem elaborado no Youtube resumindo a história dos softwares livres dando destaque ao linux, já existem coisas novas depois que o vídeo foi feito, mais vale apena assistir.